Acabou a celeuma: Depois de brigas na justiça, MDB em Pernambuco faz convenção em ritmo de unidade.

Ainda em 2018, o partido teve a conturbada chegada do senador Fernando Bezerra Coelho egresso do PSB com o objetivo de ser candidato a governador. Jarbas e Raul judicializaram o processo de intervenção no MDB, retiraram Fernando do páreo e foram fundamentais para a reeleição do governador Paulo Câmara. Hoje, o partido faz sua convenção que oficializará a recondução do deputado federal Raul Henry, mas diferentemente de 2017 e 2018 quando houve disputa, o partido está pacificado entre os grupos dos senadores Jarbas Vasconcelos e Fernando Bezerra Coelho, que fumaram o cachimbo da paz.

A grande dúvida recai sobre o futuro do partido em Pernambuco, que terá a opção de seguir dando sustentação ao projeto do PSB no estado e na capital, ou caminhar para um protagonismo no Recife em 2020 com uma candidatura de Raul Henry a prefeito e pensar em 2022 onde estará completando um ciclo de dezesseis anos de hegemonia socialista em Pernambuco. Os discursos de hoje ditarão o caminho que será adotado pelos senadores Jarbas Vasconcelos e Fernando Bezerra Coelho e pelos deputados Raul Henry e Tony Gel, lideranças representativas do partido em Pernambuco. (Edmar Lyra)

Compartilhar:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *